NÃO É DEUS QUE ABENÇOA AS PESSOAS QUE SACRIFICAM NA IGREJA UNIVERSAL?

Captura de Tela 2015-03-22 às 12.24.25

O pastor Arnaldo, comediante, publicou um texto meu que fala dos 10 mandamentos do dízimo da Igreja Universal, e isso gerou alguns comentários no blog. Um deles, o rapaz quis saber como entendo o “fato” dos testemunhos de prosperidade da IURD, como se tudo que mostram fosse verdade, querendo saber qual a relação da benção de Deus com o sacrifício de tais pessoas. O leitor pergunta num trecho de seu comentário: “Como funciona isso? Não seria Deus ajudando essas pessoas?” Publico esse texto, pois, essa é a estratégia de marketing que a IURD mais usa. Abaixo minha resposta:

“Obrigado pela oportunidade de esclarecer sobre seu comentário, muito pertinente sua pergunta. Essa é a objeção mais recorrente quando tratamos da “teologia da prosperidade”. A discussão vai longe quando falamos com membros da seita, pois, normalmente, eles deixam o foco do diálogo e partem para subjetividade, repetição de clichês e acusações que você é endemoniado, caído, etc. Irei dividir minha resposta em alguns pontos, penso que é suficiente para mostrar quão grave é o uso dessa estratégia de marketing religiosa. Ouça também a pregação do Ed René Kivitz, que deixo o link no final, é muito esclarecedora sobre a questão.

Vamos aos pontos: sol-e-chuva

1 – GRAÇA COMUM. A Bíblia diz que tudo que é bom vem de Deus, que o sol nasce sobre justos e injustos, diz também que os filhos das trevas são mais hábeis que os filhos da luz. Não estou dizendo que os iurdianos são filhos das trevas, há muitas pessoas lá que temem a Deus, são honestas, etc, só estou dizendo que Deus abençoa até quem é filho das trevas, afinal, Deus é bom para com todos, membros da IURD ou não.

2 – TRABALHO. Um ponto positivo da IURD é que eles estimulam as pessoas a trabalhar e serem empreendedoras, claro que, não fica de graça, o fazem para gerar grande fonte de renda para seus cofres para construção de seu império de poder. Tínhamos um casal de amigos, inteligentes, trabalhadores e talentosos em seu negócio, estavam prosperando muito. O rapaz pegou um dinheiro no banco para pagar funcionários, foi seguido por bandidos, próximo de sua casa, ao receber voz de assalto, sem saber o que fazer e no momento de desespero, houve uma rápida troca de palavras, quando o bandido tirou a arma para atirar, meu amigo estendeu a mão pedindo para não atirar, a bala atravessou sua mão, atingindo e matando-o. Não morreu na hora, deu tempo de sua mãe chegar para morrer em seus braços ensanguentados. Ele tinha um “cartão de dizimista fiel” no bolso da camisa. O pastor havia orientado que era para andar com o cartão no bolso, pois, seria sua proteção contra assalto, bala perdida, etc. quem quer dinheiro

3 – PROBABILIDADE. Apesar de estar diminuindo, a IURD tem milhões de adeptos, é natural que alguns fiquem ricos e outros permaneçam pobres, mas TODOS “na fé” dando tudo que têm. Seria como Silvio Santos fazer marketing do “baú da felicidade” se aproveitando dos que ganharam e desconsiderando a grande massa que perde. A diferença é que Silvio Santos não usa o nome de Deus, não faz a pessoa dar tudo, não diz para deixar de pagar outras contas para fazer uma “fézinha” nas apostas de sua loteria, não diz que TODOS que “apostarem” com “fé” ficarão ricos, e mais importante, o dono do SBT é um homem íntegro. Se você ouviu crédulos da IURD dizendo que ficaram ricos, também conhece outros tantos que nunca colocaram os pés numa igreja e da mesma forma e até mais, se tornaram multimilionários. No Brasil, milhares de pessoas ficam milionárias todos os anos, tem religiosos de várias denominações, ateus, agnósticos, mendigos, médicos, engenheiros, analfabetos, cortadores de cana, vendedores ambulantes, engraxates, etc. Claro que, em 200 milhões de habitantes são poucos, mas se o governo começasse a pegar esses exemplos para dizer o quanto o governo é bom, seria muito fácil de enganar ainda mais. Mind-Control

4 – DISCURSO. Quando a seita universal era pequena seu discurso era “somos bons porque somos poucos”, hoje é “somos muitos porque somos bons”. Ou seja, o marketing muda conforme muda a conveniência. Os pastores e bispos aproveitam da generosidade, pobreza e analfabetismo do povo brasileiro para estabelecer um discurso religioso proselitista, fundamentalista, massacrante e alienante.

5 – INCOERÊNCIA. Conheço pessoas que são pressionadas pelos pastores para darem “testemunho” de como ficaram ricas, mas a pessoa diz: “pastor, eu prosperei, mas meu casamento está uma bagunça, meus filhos nas drogas, etc”, o pastor responde: “minha filha, continue na “fé”, vamos falar somente de “prosperidade”, mas diante das câmeras o pastor força falar de outros assuntos, e, o membro fica com medo de contradizer o “homem de Deus” e acaba maquiando a realidade, mentindo noutras áreas. palha-assada

6 – GANÂNCIA. Muitos testemunhos espetaculares são mentirosos ou exagerados, tenho uma amiga que, no início dos anos 2.000 tinha uma empresa de seguros, trabalhava como escrava para dar dinheiro para a seita, movimentou muito dinheiro e estava constantemente na mídia e nos palcos da IURD, resultado após alguns anos: ficou presa por várias semanas, pois, o marketing e o movimento financeiro de sua empresa foi tão grande que perdeu o controle, confiou profissionais em pontos estratégicos da empresa, foi roubada e enganada, ficou pobre, devendo, e ainda na cadeia por sonegar impostos e falsificar documentos, que achava que estavam sendo pagos e emitindo documentos legalmente. Não estou dizendo que foi culpa da seita, quero dizer que, a maioria dos “testemunhos” são mentirosos e efêmeros, a pessoa não permanece naquele glamour o tempo todo, e quando o castelo de cartas marcadas desmorona, os mercenários e lobos já extorquiram o que podiam, e agora, ninguém fala do resultado final, vão para os próximos “testemunhos” e o resto que se exploda. Conheço outro casal que deu a única FAZENDA que recebeu de herança, foi um escândalo na família e cidade, apostaram que iriam receber muitas vezes mais, mas perderam quase tudo, sobrou alguma coisa, mas nunca mais viram uma poeira do que deram para a seita. Os exemplos são inúmeros, mas os pastores não falam que a maioria vai permanecer pobre ou vai ficar pior, usam os raros exemplos e os potencializam para enganar os desavisados, inocentes e gananciosos. charge_tiririca

7 – ANALFABETISMO FUNCIONAL. O Brasil é um país de analfabetos funcionais. O evangelho de Cristo NÃO TEM ABSOLUTAMENTE nada haver com ficar rico. O povo está tão sem noção e ganancioso que não consegue distinguir a mensagem do evangelho de um discurso de auto-ajuda gospel para ficar rico. Os cursos do SEBRAE e palestras do Daniel Godri fazem isso muito melhor e com honestidade. Ainda que tudo o que se mostra na Universal fosse verdade (que não é), o que isso tem haver com o evangelho de Cristo? As pessoas perderam a vergonha em dizer que estão “buscando” a Deus para ficarem ricas, e ainda alimentam esse discurso, muitos acreditam nisso, e pior, estão girando a ciranda maldita da “teologia” da “prosperidade”. Poderia dar vários exemplos de famílias destruídas, que ao longo do tempo, deram dezenas de “testemunhos” nos palcos da seita e até na TV, e hoje estão destruídas, sem forças para recomeçar, sem apoio da “igreja” e, tidas como rebeldes e endemoniadas pela seita. Para averiguar o que estou dizendo leia o Novo Testamento, não precisa acreditar no que estou dizendo, verás que o que se faz nos palcos e bastidores da IURD é nojento. Ainda bem que você não frequenta a seita, mas vá lá, mais do que ouvir um “pastor” performático e treinado desde criança para fazer as pessoas darem “voluntariamente” todos os bens e dinheiro que possuem, converse com algumas pessoas quando elas descerem do picadeiro, veja o quanto não conhecem nada da Bíblia, o quanto são analfabetas funcionais e como somente papagaiam o que ouvem dos “pastores” e “bispos”. Para cada “testemunho” destes que você citou, pode ter certeza que milhares de famílias estão arrasadas por um dia terem acreditado nisso e até terem sido um desses “testemunhos de prosperidade”. Essas histórias que lhe contei, vistes alguma nos palcos da IURD ou no youtube como as que você citou?

8 – Ouça o audio desse link que explica detalhadamente como funciona esse esquema das igrejas neopentecostais, evidentemente, não são somente as “neos” que fazem isso, mas essa corrente religiosa usa e abusa de tudo que é falado nesse audio: https://www.youtube.com/watch?v=GfpaCkrP5wY

Como eu disse anteriormente, não dedico tempo para falar nesse assunto, mas não posso ser covarde em, conhecendo muito bem esse esquema, permanecer calado, enquanto muitas pessoas ao meu lado estão caindo nesse engodo, se apenas uma delas abrir os olhos, valeu a pena. Se alguém tivesse feito isso comigo a 12 anos, talvez eu seria essa única pessoa que teria aberto os olhos, digo isto, pois, procurei informação entre alguns amigos e em literatura cristã na época, mas não tinha larga informação como hoje, e também na IURD não era tão bagunçado como vemos hoje em dia, está cada dia pior.

Grande abraço e que Deus abençoe você e sua família.”

© Lucianno Di Mendonça
www.plurais.net

Anúncios

OS 10 MANDAMENTOS DO DÍZIMO NA IGREJA UNIVERSAL

charge-midia3-web1

Muitas pessoas “anti-iurdianas” por não saberem o que estão falando, por terem maus olhos, por terem sido feridas na igreja, saem falando mau de nós. Apesar que, quanto mais somos perseguidos, mais crescemos, [ops] ato falho, isso não é mais verdade, estamos é desesperados e diminuindo, mas como dissemos isso a vida inteira feito papagaios, ainda repetimos sem pensar, aliás, pensar nunca foi nosso forte. Abaixo vou provar anti-biblicamente através dos 10 Mandamentos do Dízimo como estamos[1] certos:

1. [Não leia a Bíblia] No princípio o próóóóprio bispo[2] criou a igreja universal. A árvore da vida era o dízimo, e o dinheiro era o sangue do povo. (O Bispo 1:1)

2. [Seja cúmplice de obras infrutíferas das trevas] É através do dízimo e das ofertas que compramos e mantemos redes de rádio e TV para “isvangelizar” e “ganhar almas”. Bispos e pastores fingem que isso é verdade e o povo finge que acredita, apesar de vermos tudo o que acontece nos bastidores e às claras, mas não dizemos nada e continuamos financiando suas megalomanias, porque temos medo da maldição dos “ungidos”. (Carta do próóóóprio bispo ao Romuloaltio)

3. [Rejeite o Novo Testamento] Não somos Judeus, não estamos no Antigo Testamento, não estamos na Antiga Aliança, mas temos uma aliança de lata no dedo e estamos na fé de Abraão, Nova Aliança e graça é para os fracos, nós somos fortes e estamos na guerra! (300 cartas do próóóóprio bispo aos emburdes)

Idle thoughts - don't think4. [Seja um papagaio] Dizimar é fundamental para ser abençoado e ponto final. Quem não dizima dá “brecha” para o devorador, rouba a Deus. Repetindo, dizimar é fundamental para ser abençoado, quem não dizima dá “brecha” para o devorador, rouba a Deus. Repetindo mais uma vez para lavar bem o cérebro, dizimar é fundamental para ser abençoado, quem não dizima dá “brecha” para o devorador, rouba a Deus. Repito constantemente o que os pastores repetem ininterruptamente, mesmo que não consiga provar essa heresia no Novo Testamento, e ai de quem não pegar os envelopes de dízimos e campanhas. “Repetindo mais uma vez, agora na fé, para tremer o inferno, dizendo para o irmão do lado: dizimar é…” (Introdução do livro: Pastores manipuladores)

5. [Seja pretensioso] Não importa quantas vezes se dizimava e ofertava por ano em Israel e se era para os órfãos e viúvas, em nossa seita fazemos 3x por “culto subconsciente ao próóóóprio bispo”, fazemos isso insistentemente, mesmo que não seja para os fins aos quais a Bíblia determina. E ainda achamos que podemos cobrar algo de Deus porque somos fieis [sic]. Ouvimos sobre (muito) dinheiro o tempo todo, Cristo é um mero figurante nas reuniões, apenas citam seu nome, abrem a Bíblia, mas não dizem nada do contexto, senão pegaria mal e ficaria difícil persuadir o povo. (Envelope das 1001 campanhas)

6. [Rejeite a graça de Deus] Dízimo é só para manter a riqueza [sic], aqui em nossa seita destrutiva, quando não temos o que dar, arrancamos o dente de ouro e entregamos aos pés dos bispos no “altar”, e voltamos banguelas e mais pobres para casa. Isso é fé inteligente. Não se admirem na próxima Fogueira Santa doarmos rim, fígado, pulmão, medula óssea, pele, orelha, córnea de um olho, afinal, se está sobrando é porque deus nos deu para que abençoemos a “obra”. Seja Fiel! (Lavanderia cerebral 4.1-10)

7. [Seja motivo de piada] Se Jesus e os apóstolos praticavam dízimo não sei, mas aqui na seita, Jesus assina diploma de dizimista. Somos os únicos da universidade da fé. Chupa essa anti-iurdianos! (Bilhete do próóóóprio bispo aos pastores auxiliares)

puppetartist8. [Consuma vorazmente todo o lixo que produzimos] Onde está escrito que o dízimo é o que pregam? Esta é fácil, está escrito na Folha Universal na sessão de novelas, artistas e A Fazenda. (Devorador devorou meu cérebro,  capítulo primeiro)

9. [Seja um produto de marketing] Não me fale do que está escrito na Bíblia, não me interessa! Eu sou a universal e ponto final. E você que nos critica, quem é? (Reunião de candidato a obreiro 10.1)

10. [Não pense] Quem não ouve as palavras do próóóóprio bispo, não é dele, pois, quem é do próóóóprio bispo ouve a sua voz e segue o próóóóprio bispo. (Prefácio de: Nada a pensar)

      Provei que o dízimo é “bispíblico”. Envie os “10 mandamentos do dízimo” para quem está frio na fé e saiu da seita, tenha amor às almas caídas, após lerem isso se converterão ao São Dizimú. A única coisa que não concordo com o próóóóprio bispo, foi quando ele teve a infeliz ideia de fazer mídia para internet, como blogs, sites, facebook, etc, pois assim, também entramos em páginas de “anti-iurdianos” e “endemonhados” que nos perseguem e tentamos apaixonadamente argumentar contra eles, com isso, muitos de nós estamos nos livrando desta seita destrutiva. Ai que óóóóóóóóódio! Como pude perder tanto tempo da minha vida?

     Querido leitor iurd-marciano, em qual mandamento você é mais fiel?

    Obs: sei que há irmãos convertidos e tementes a Deus na IURD, meus amigos e minhas amigas, saiam desse lugar correndo, não olhem para trás para não virarem um saco de sal grosso. Falei somente sobre a distorção que fazem quanto ao dinheiro, as aberrações sobre os mais variados assuntos são inesgotáveis. Leiam a Bíblia, pelo menos o Novo Testamento. O livro que vocês dizem crer, o livro que sua igreja diz crer, as Escrituras que seus bispos dizem pregar, entendendo que JESUS CRISTO CRUCIFICADO E RESSURRETO É O CENTRO DA MENSAGEM. Se alguém sentiu-se ofendido, não é minha intenção, só espero que abra os olhos. Não entro em discussões apaixonadas, não tenho tempo e disposição para isso.

NOTAS:
[1] Desenvolvo o texto na primeira pessoa do singular, como se fosse membro dessa seita destrutiva, apenas como recurso literário.
[2] Quando alguém cita “o bispo”, especialmente entre obreiros, fazem questão de incluir a palavra “próprio” como se sua palavra fosse infalível, não tendenciosa e oportunista, não bastando isso, arrastam a vogal tônica “ó” criando assim um novo verbete e expressão na língua portuguesa: “próóóóprio bispo”. Isso não é piada, converse com um obreiro afetado (desculpe a redundância) da IURD e certifique-se disso.

© Lucianno Di Mendonça
www.plurais.net